Time reserva do Grêmio empata com a Chapecoense fora de casa

31/07/2018 Fonte: www.terra.com.br

O empate por 1 a 1 diante do time reserva do Grêmio não era exatamente o que a Chapecoense queria, mas o resultado foi suficiente para tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro nesta 16ª rodada. O duelo foi realizado na Arena Condá, para mais de 14 mil torcedores, recorde do time catarinense na competição.

A Chapecoense, que não vence há cinco jogos, conheceu o seu oitavo empate em 16 partidas realizadas.

Sem priorizar o Campeonato Brasileiro, o Grêmio apostou num time alternativo para a partida, visando preservar seus principais jogadores para duelos decisivos da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, contra Flamengo e Estudiantes, da Argentina, respectivamente.

Já a Chapecoense cortou dois jogadores de última hora. Canteros e Guilherme sequer foram relacionados. O clube afirmou que foi uma opção técnica de Gilson Kleina, mas nos bastidores estaria faltando comprometimento dos atletas. O time catarinense enfrenta o Corinthians no meio de semana.

Mesmo com um time reserva, o Grêmio começou pressionando a Chapecoense e abriu o placar logo aos dois minutos. Pepê arrancou em velocidade, tabelou com Hernane e chutou para o fundo das redes. Ele ainda contou com um desvio na defesa para superar o goleiro Jandrei.

Após o gol, a Chapecoense cresceu na partida e chegou a assustar com Osman e Wellington Paulista, mas foi o Grêmio que ficou mais perto de marcar. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Thaciano. O meia exigiu grande defesa de Jandrei.

O segundo tempo começou mais devagar. Em vantagem, o Grêmio controlava o ritmo do jogo, até que a Chapecoense enfim resolveu aparecer com perigo. Aos 16 minutos, Osman chutou em cima de Wellington Paulista. A bola espirrou e sobrou para Bruno Silva, que dividiu com Paulo Victor. Elicarlos pegou o rebote e deixou tudo igual.

O gol animou a Chapecoense, que foi para cima em busca da virada. Bruno Silva fez boa jogada pela direita e cruzou para Rolim. O meia mandou pela linha de fundo. Apesar do empate, o Grêmio se mostrava satisfeito com o resultado e recuou para tentar encaixar um contra-ataque.

O time da casa, apoiado por sua torcida, foi para o abafa nos minutos finais, mas só não conquistou a vitória porque Paulo Victor fez um milagre na cabeçada, à queima-roupa, de Amaral.

Na próxima rodada, o Grêmio encara o Flamengo no sábado, às 19h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). No domingo, às 19h, a Chapecoense visita o Sport na Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Galeria da Notícia