Governo federal repassa quase R$ 2 milhões para Hospital Escola da UFPel

18/05/2018 Fonte:Diário Popular

A rede pública de saúde do Rio Grande do Sul ganhou um reforço na ordem de R$ 8,5 milhões. Os recursos serão utilizados para fortalecer, ampliar e qualificar os serviços de assistência à saúde e áreas de ensino/pesquisa oferecidos por três Hospitais Universitários nos municípios de Pelotas, Rio Grande e Santa Maria, que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria autorizando a liberação da verba para os hospitais universitários está disponível no Diário Oficial da União (D.O.U).

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas será beneficiado com R$ 1.979.370,65. O valor pode ser utilizado pelo gestor para custear os atendimentos e procedimentos hospitalares, financiar obras de reforma e ampliação dos espaços e estruturas físicas, aquisição de materiais médico-hospitalares, modernizando o ambiente e a forma de cuidar dos pacientes, conforme a necessidade e o planejamento de cada instituição. O montante maior fica com o Hospital Universitário de Santa Maria, com R$ 4.033.555,93. Logo depois, com R$ 2.492.594,3, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Júnior, de Rio Grande.

O repasse é feito por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), destinado periodicamente. Esse programa é executado desde 2010 em parceria com o Ministério da Educação e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que fazem financiamento compartilhado dos hospitais universitários federais. Desde então, apenas por parte do Ministério da Saúde, foram injetados nessas unidades quase R$ 4 bilhões, sendo R$ 189 milhões em 2017 e R$ 380 milhões em 2016.

Aprovados em lei orçamentária, os valores são pagos pelo Ministério da Saúde, em parcela única, para as instituições universitárias que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas ao porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Os pagamentos são efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde conforme comprovação dos gastos.

Apenas neste ano, já foram investidos R$ 168,7 milhões nos hospitais universitários federais, sendo que 48 unidades receberam recursos no mês de abril. Os hospitais universitários do Estado estão entre elas e já foram contemplados com R$ 4,5 milhões, no último mês. O Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, considera que estes hospitais são muito importantes na assistência à saúde, com a oferta de atendimentos qualificados ao cidadão. "Cada hospital universitário que atende a população é essencial para formar estudantes e residentes médicos, além de exercerem papel fundamental no avanço de ensino e pesquisa de saúde, o que contribui para área com novos tratamentos. Nosso papel é continuar investindo na saúde pública com foco em áreas estratégicas, como os hospitais universitários federais, porque o principal beneficiado será sempre o cidadão", destacou o secretário.

Galeria da Notícia