Voltar para: Noticias

Agronegócio

Mobilização das entidades de classe é essencial para melhorar as condições dos produtores

30/04/2018 Fonte: Texto e Foto: Rafael Viana - RD

Diante da grande complexidade que envolve atualmente o setor produtor, o produtor precisa estar permanentemente ligado as questões que envolvem a situação de mercado e fatores climáticos. Tais condições são preponderantes no que diz respeito a mudança constante dos cenários a qual os produtores vem se submetendo ao longos dos tempos.

A baixa valorização do produto e o aumento dos gastos tem sido uma situação preocupante. Nesse sentido a evolução ainda é pouca e aponta algumas dificuldades em relação ao preço que está aquém do que os produtores esperam, tal reflexo é percebido na redução da produção e movimentação no escoamento da safra.

A situação climática também preocupa a estiagem prejudicou o período de plantio da soja dificultando dessa forma os processos necessários para bons rendimentos.

No sentido político espera-se o avanço da reforma tributária que tem sido uma das bandeiras levantadas pelas entidades representativas dos produtores. Rafael Christ - Produtor Rural destaca a queda na produção registrada por todos esses fatores, ressaltando os grande reflexos que serão notados na região sul diante da dependência que os municípios tem na atividade do campo. Atualmente há uma dificuldade dos produtores em relação aos compromissos com as instituições financeiras, para isso Rafael destaca a importância de políticas que tratem das prorrogações que são essenciais para os produtores.

Para os agricultores familiares a situação também é dificultosa, no setor leiteiro por exemplo, atualmente se contabiliza perdas e muitos produtores estão largando a atividade em virtude da desvalorização enfrentada pelo setor.

João Cesar Larroza - Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, afirma que a luta tem sido diária no entanto o descrédito na classe política dificulta uma maior mobilização da classe, João defende ainda um trabalho com mais objetividade por parte das entidades representativas, como forma de fortalecer a permanência do movimento.

Galeria da Notícia