Pinheiro Machado: Confirmada a realização da Feovelha em 2018

07/12/2017 Fonte:Jornal Tradição Regional / Foto: Divulgação/Roberto Witter

A 34ª edição da Feovelha está confirmada para 2018. Em um formato diferente do realizado em outros anos, o evento terá três dias de duração e foco na comercialização de ovinos e na exposição de máquinas e implementos agrícolas.


As datas já estão confirmadas: 25, 26 e 27 de janeiro. Com duração menor e programação mais enxuta, a expectativa do presidente do Sindicato Rural de Pinheiro Machado, Gabriel Camacho, é gastar um terço dos cerca de R$ 250 mil aplicados pela entidade na edição de 2017 da feira.


"Será um evento direcionado para negócios ligados à ovinocultura e agropecuária. A programação conta com julgamentos e remates de ovinos e com a exposição de maquinários do setor agrícola", adianta Gabriel.


Na quinta-feira (25), primeiro dia de evento, ocorrerá o ingresso de todos os animais no Parque Charrua. Na sexta-feira (26) ocorrem os julgamentos de todas as raças. A abertura oficial será durante a tarde de sexta, seguida do remate geral, que deve avançar durante a noite. Para o sábado (27), último dia de evento, é previsto o remate de reprodutores de todas as raças.


O restante da programação ainda será definido, especialmente no pavilhão da Agricultura Familiar e nos estandes de entidades parceiras, como Senar, Emater e Embrapa.


Segundo Gabriel, a intenção é repetir o número de animais da última edição, que contou com pouco mais de 2,5 mil ovinos.


União de esforços permitiu realização da feira


No mês de outubro, o Sindicato Rural anunciou publicamente a decisão de não realizar a Feovelha em 2018. A edição de 2017 deixou um prejuízo de quase R$ 70 mil aos cofres do Sindicato, reflexo da redução no tamanho do rebanho da região e da recessão da economia.


A união de diferentes setores da sociedade, no entanto, foi decisiva para a reversão da decisão.


"Nós entendemos que Pinheiro Machado não poderia deixar de realizar a Feovelha, por isso propusemos um esforço conjunto com entidades ligadas ao setor, sindicatos e câmara de vereadores para viabilizar patrocínios. Felizmente, a edição de 2018 está garantida. Esse fato também serviu para que pudéssemos repensar a forma de realização do evento para os próximos anos", afirma o prefeito Zé Antônio.


O prefeito também comprometeu-se em destinar equipes da Secretaria de Obras, Viação, Transporte e Trânsito para auxiliar na limpeza e organização do Parque Charrua.


"Diante da grave crise financeira que estamos atravessando, foi a forma que encontramos de auxiliar o Sindicato Rural na organização da Feovelha", explica o prefeito.


Novos patrocínios ainda são aguardados


Um grupo de empresas, entidades e órgãos públicos já confirmou o aporte de recursos na feira: Sistema Farsul, BRDE, Caixa Econômica Federal, Banrisul, Corsan, Sicredi e Brasil Kirin.


"Ainda aguardamos para saber o valor que algumas dessas instituições irão aportar e estamos no aguardo de outras empresas que estão negociando patrocínio. O valor que temos fechado ainda não é o suficiente, por isso continuamos a busca por apoio", acrescenta o presidente do Sindicato Rural.


Galeria da Notícia