Começa a revitalização do Pronto-Socorro de Pelotas

28/11/2017 Fonte:Jornal Tradição Regional

Para melhorar o fluxo de atendimento ao público e o ambiente de trabalho dos funcionários, o Pronto-Socorro (PS) de Pelotas deu início a uma reforma no interior do prédio que possibilita a realocação de setores. A obra é realizada de forma gradativa, com o objetivo de causar o menor transtorno possível aos pacientes. A maior parte da revitalização será feita pelo projeto Mão de Obra Prisional.


De acordo com a diretora do PS, Rosana Van der Laan, a última reforma no PS foi há dez anos e as obras são necessárias para agilizar o acolhimento de usuários de Pelotas e Região Sul. O prédio ganhará três blocos organizados e específicos: pediatria, urgência e emergência, e de pacientes em tratamento que aguardam leitos em hospitais da cidade.


As obras ocorrem em salas específicas, com isolamento de tapumes. A reforma iniciou pela colocação de divisórias de gesso e portas, e está a cargo da empresa MS Serviços, ao investimento de R$ 5 mil (via seleção pública). Já a colocação de revestimento cerâmico e pinturas será sob responsabilidade dos presos do regime semi-aberto do Presídio Regional de Pelotas. O projeto Mão de Obra Prisional, coordenado pela Secretaria de Saúde (SMS) e Susepe já requalificou 18 prédios municipais.


O PS atende em média 300 pacientes por dia, oriundos de toda a zona sul do Estado. Conforme Rosana, 64% deles procuram o hospital por livre demanda. Portanto, os usuários passam pela classificação de risco e são encaminhados às Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou ao Pronto Atendimento (PA). 

Galeria da Notícia