Noite para esquecer

14/06/2017 Fonte:Assessoria de Imprensa GE Brasil

Brasil equilibra a partida na primeira etapa, mas sofre gols no segundo tempo e perde para o Luverdense

O Brasil perdeu por 4 a 0 para o Luverdense na noite desta terça (13), pela 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Arena Pantanal. Todos os gols foram marcados no segundo tempo. Com o resultado, a equipe Xavante permanece com oito pontos e ocupa o 15º lugar na tabela. Próximo desafio na Série B está marcado para sábado (17), às 19h, no estádio Bento Freitas, contra o Vila Nova.

Na etapa inicial, poucos lances de destaque. O Brasil quase abriu o placar logo aos cinco minutos, quando Elias avançou pelo meio e chutou de fora da área. A bola carimbou o travessão. Os donos da casa ameaçaram em duas finalizações de Rafael Silva, uma por cima e outra defendida por Eduardo Martini.

Na volta dos vestiários, o Luverdense em seguida abriu o placar. Aos quatro minutos do segundo tempo, Ricardo recebeu na entrada da área e bateu no alto. Logo após o gol, Marcinho e Rafinha substituíram Bruno Lopes e Lincom. Foi Marcinho que, aos 12, concluiu firme para defesa do goleiro Diogo Silva. Em seguida, o mesmo Marcinho cruzou da direita e o zagueiro tirou uma chance clara dos pés de Elias.

O Brasil não conseguiu fazer e acabou sendo castigado. Aos 23 minutos, Sérgio Mota arrematou da meia-lua sem chances para Eduardo Martini e ampliou. Na sequência, em pênalti, Rafael Silva anotou mais um. O time Xavante ameaçou com Rafinha, que bateu para defesa do goleiro adversário, mas aos 40 Ricardo fechou o marcador, em uma noite para esquecer.

Ficha técnica:

Luverdense: Diogo Silva; Aderlan, Neguete, Pablo e Paulinho; Ricardo, Moacir (Diego Lorenzi) e Alaor Júnior (Erik); Rafael Ratão (Sérgio Mota), Rafael Silva e Raphael Macena. Técnico: Júnior Rocha.

Brasil: Eduardo Martini; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Bruno Lopes (Marcinho), Wagner e Elias (Gustavo Papa); Lincom (Rafinha). Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Ricardo, aos 4 e 40min2T, Sérgio Mota, aos 23min2T e Rafael Silva, aos 25min2T (L).

Cartões amarelos: Neguete, Ricardo e Alaor Júnior (L); Éder Sciola, Wagner, Marlon e Leandro Leite (B).

Galeria da Notícia