Polícia Civil investiga origem de ossada humana encontrada na praia do Cassino

06/03/2017 Fonte:Diário Popular

A Polícia Civil de Rio Grande investiga a origem de uma ossada humana, encontrada nesta sexta-feira (3) na praia do Cassino, a cerca de 25 quilômetros do navio encalhado Altair. Os ossos estavam em uma floresta de pinus e foi descoberta por um funcionário da empresa responsável pelo reflorestamento da área.

Pelas condições, de acordo com a polícia, é possível que a ossada estivesse no local há bastante tempo, mas ainda não é possível precisar o período. Não havia roupas, ou qualquer objeto no entorno que permitisse a identificação. Alguns ossos, inclusive, estavam espalhados e com marcas de roedura de animais.

O material foi enviado ao Instituto Geral de Perícia, que vai trabalhar para desvendar os fatos. A partir dos exames é possível que sejam descobertos o sexo da vítima e também se foi morte natural ou homicídio.

Galeria da Notícia